Acesso à Informação da EmbrapaPortal Brasil  
Embrapa Beef Cattle
Davi Jose Bungenstab

Davi José Bungenstab

Pesquisa e Desenvolvimento

Send Contact e-Mail

(67) 3368-2052

Business Card

http://lattes.cnpq.br/6426894185197091

Embrapa Beef Cattle

Knowledge Area

Ciências Agrárias » Zootecnia » Produção Animal

Keywords

Administração, Agricultura, Agricultura de Precisão, Alimentação Animal, Assistencia Tecnica, Avaliação, Beef catlle, bovino, bovinocultura, Bovinocultura de corte, Central Brazil, Centro oeste, Cerrado, concentrado, Confinamento, Confnamento, Consorciação, Couro, Desenvolvimento local, Desenvolvimento Regional, Ecological footprint, Economia Internacional, educação, Empreendedorismo, ensino, Environmental impacts, Fertilização, Forragem, frete, Gramineas, Grao Úmido, Impactos ambientais, Informatica, Integração, Lavoura-pecuária, Lavoura-pecuária-floresta, Leguminosas, maquinas, Meio Ambiente, Milho, Milho Safrinha, Nitrogenio, Novilho precoce, Nutrição, Pastagens, Pecuária de Corte, Plantio Direto, Producao Animal, Produção de Carne, Proteína, Qualidade, Saude Publica, Silagem, Sustentabilidade and Tecnologias

Projects


(in portuguese)

AGSPEC

Integração de dados multisensor e espectroscopia de reflectância aplicados ao mapeamento de alvos estratégicos da agricultura tropical

2011-2014

A cada vez mais intensa demanda mundial por alimento, aliada a questões ambientais de uso sustentável dos recursos naturais delineiam um quadro de busca pela máxima eficiência na produtividade agrícola, bem como de uníssona necessidade de monitoramento de cada vez mais áreas de cultivo, comportando uma variedade maior de espécies produtivas. O desenvolvimento de ferramentas analíticas como testes laboratoriais e de campo, possui papel fundamental na pesquisa de alto nível envolvendo desde parâmetros locais quanto mesoregionais no âmbito da pesquisa agropecuária. Porém, invariavelmente tais métodos, dada a necessidade de abarcar variação amostral e abrangência territorial, representam um custo elevado de operação e replicação dos resultados. Basta pensarmos na trajetória de desenvolvimento de um único cultivar de grãos, como a soja, por exemplo, que, no estudo de sua adaptabilidade >in loco>, necessita de anos de medidas laboratoriais e de campo através de dezenas e até centenas de variedades teste. O Sensoriamento Remoto tem se mostrado ferramenta eficiente para o mapeamento/monitoramento de áreas agrícolas, sobretudo no acompanhamento de safras, déficit hídrico e medidas de biomassa, obtendo resultados sinópticos e espaciais extremamente relevantes, porém, que ainda estão aquém do seu real potencial de contribuição no contexto da pesquisa agropecuária, visto que se encontra ainda subutilizado em termos da exploração de suas propriedades de quantificação e qualificação. Dessa forma, esse projeto baseia-se em pressupostos do Sensoriamento Remoto para a exploração integral da radiação eletromagnética em diferentes comprimentos de onda como método analítico auxiliar de baixo custo e não destrutivo para a estimativa de parâmetros biofísicos de alvos tropicais, como a soja, e por sua intrínseca relação com os sistemas ambientais e de cultivo, propriedades de solo. Como estratégia de abordagem serão utilizados métodos de espectroscopia de reflectância consorciados com diferentes sensores imageadores aerotransportados e orbitais. Como resultado espera-se o desenvolvimento e aprimoramento de métodos de quantificação e análise não destrutivos, de fácil operação, adaptados ao contexto ambiental tropical e com aplicação direta no mapeamento de grandes áreas. O impacto de tal tecnologia é avaliado como fundamental para redução de custos de pesquisa e produção agrícola, em primeira estância na cadeia produtiva da soja e, por conseguinte, de outros alvos de alta relevância para agricultura tropical. Ademais, espera-se consolidar a posição da Embrapa enquanto empresa de ponta também em sensoriamento remoto, utilizando técnicas e sensores de última geração como auxílio inédito nos estágios de pesquisa e produção agropecuária.

GEORASTRO

Sistema de geodecisão para rastreabilidade e produção sustentável da bovinocultura de corte

2011-2014

With Erno Suhre, Fernando Paim Costa, Pedro Paulo Pires, Quintino Izidio dos Santos Neto and Rodrigo Amorim Barbosa.

Para os consumidores, segurança é um dos ingredientes primordiais do alimento de qualidade. Com a globalização, a repercussão de um malefício causado por ingestão de algum alimento consumido em qualquer parte do mundo é uma notícia que se alastra em poucos instantes, independente da distância da ocorrência. Nesse contexto, a exigência da rastreabilidade das informações referentes aos alimentos é uma condição de destaque quando o objetivo se refere a conquista da confiança e da fidelidade do consumidor. As premissas básicas para um processo de rastreabilidade são: a identificação animal; o processamento, gerenciamento e armazenamento de dados e; a auditoria dos dados a campo. A identificação animal é um pré-requisito inevitável no rastreamento do rebanho, seja por lote ou individualmente. Neste aspecto a identificação eletrônica dos animais se torna uma poderosa ferramenta ao interligar os elos da cadeia produtiva: produção, industrialização e comercialização da carne. Com a aplicação das ferramentas de tecnologia da informação (TI), atividades da pecuária como cruzamento de animais, inseminações artificiais, aspectos nutricionais e sanitários de cada animal, peso, qualidade das pastagens, mobilidade animal, entre outros dados, podem ser armazenados em bancos de dados. No entanto, quando se fala em produção sustentável é de fundamental importância que nas análises de tomada de decisão exista melhor abrangência dos fatores impactantes do sistema de produção. Assim, fatores intrínsecos ao meio ambiente são essenciais para implantação de um sistema que além de garantir a segurança alimentar seja também ecologicamente correto. A gestão do ambiente rural está diretamente relacionada ao espaço geográfico: uso e ocupação do solo, topografia, climatologia, tipo de solo, recursos hídricos, entre outros. Ao levar em conta estes fatores e associá-los a métodos internos da produção extensiva de bovinos, proporciona o favorecimento do processo de avaliação e qualificação do meio ambiente ao criar subsídios para o monitoramento e manejo sustentável das pastagens. Diante do exposto, esta pesquisa surge das necessidades e demandas por segurança e qualidade alimentar na produção extensiva de carne bovina no âmbito das políticas dos países do Cone Sul e da União Européia. Inicialmente, foi desenvolvido um protótipo de rastreabilidade no projeto OTAG (Operational Management and Geodecisional prototype to Track and Trace Agricultural Production). O que se busca num segundo momento é aperfeiçoar os dispositivos eletrônicos utilizados na identificação e posicionamento do animal e a incorporação de um número maior de informações de manejo e sanidade. Além disso, será estruturado um armazém de dados que possibilitará a inclusão de informações ambientais espacialmente explícitas e a implementação de algoritmos inteligentes de extração de conhecimento criando assim um sistema de geodecisão da produção sustentável de carne bovina de fácil compreensão e financeiramente aceitável por todos os grupos de interesse.

E-MISSIONS

Desenvolvimento e validação de aplicativo web para avaliação de indicadores globais de sustentabilidade em sistemas de produção de gado de corte tradicionais e integrados com lavoura e floresta

2011-2013

With Guilherme Cunha Malafaia, Manuel Claudio Motta Macedo, Rodrigo Carvalho Alva and Websten Cesario da Silva.

A produção de gado de corte no Brasil é uma atividade importante tanto para a produção de alimentos para o mercado interno como para exportações. A pecuária tem crescido e feito progressos substanciais de produtividade nas últimas décadas. Todavia, devido ao tamanho do rebanho e a área ocupada com pastagens, a produção de carne tornou-se também responsável por uma série de perturbações ambientais, com consequências negativas locais e globais. Mais de 400.000 km2 (25%) do bioma original do Cerrado já foram substituídos por pastagens cultivadas, das quais estima-se que entre 50% e 80% já estejam degradadas. Entre os principais impactos ambientais globais estão as emissões de gases de efeito estufa causadas pelo processo digestivo dos animais. Esse problema se agrava com a baixa produtividade por hectare, causada pelo uso ineficiente das áreas de pastagens. Quando se intensifica os sistemas de produção, se reduz as emissões diretas dos animais, porém ocorre um aumento substancial no uso de energia pelo sistema e consequentemente aumentam as emissões indiretas de gases de efeito estufa originadas pela manufatura dos recursos de produção necessários. Esse assunto tem sido debatido mundialmente e existe ainda muita controvérsia quanto a diferenças de sustentabilidade de sistemas de produção em países industrializados e países em desenvolvimento. No Brasil, como alternativa para minimizar tais problemas, tem-se desenvolvido sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF), que tem a capacidade de sequestrar carbono via componente arbóreo, compensando assim, em diferentes graus, as emissões causadas pelo sistema. Resultados de pesquisa têm mostrado diversas vantagens técnicas dos sistemas de iLPF, que todavia necessitam ainda ser validados sistematicamente quanto à dimensão de sua eficiência ambiental, indicando o grau de sustentabilidade ambiental global dos mesmos. Nesse contexto, análises de intensidade de uso de energia, emissões de gases de efeito estufa e rastro ou pegada ecológica são indicadores fundamentais para validação de tais sistemas. Por isso, a proposta deste trabalho é realizar tais estudos em sistemas de produção experimentais na Embrapa Gado de Corte e em estabelecimentos rurais que utilizam sistemas extensivos, semi-intensivos e extensivos, no Mato Grosso do Sul, na Alemanha e na Argentina. Para a extensiva coleta de dados será gerado um sistema georreferenciado, baseado na ferramenta GeoFielder® da Embrapa Instrumentação, com os respectivos guias de utilização e glossário de termos técnicos harmonizado em português, inglês e espanhol. Para a comparação de eficiência ambiental dos sistemas, será desenvolvido um aplicativo web para cálculos automatizados desses indicadores. O aplicativo será baseado em um banco de dados que ao final irá conter mais de 1800 entradas para valores de energia incorporada e taxas de emissões de gases de efeito estufa específicos para os itens industrializados dos recursos de produção utilizados em cada sistema, conforme a matriz energética do setor industrial onde foram produzidos. Serão coletados dados diretamente das indústrias nacionais responsáveis por pelo menos 80% da energia incorporada em recursos de produção utilizados em sistemas intensivos no Brasil. A proposta é que esse aplicativo web, bem como o sistema georreferenciado de coleta de dados fiquem disponíveis para a comunidade acadêmica após o final do projeto, sendo ferramentas validadas cientificamente muito úteis tanto para trabalhos técnicos e acadêmicos individuais, quanto para inventários nacionais de gases de efeito estufa e análises de ciclo de vida da carne bovina.

Education


(in portuguese)

Pós-Doutorado in

Humboldt Universität zu Berlin

2008-2010

Doutorado in Agricultura

Humboldt Universität zu Berlin

2001-2004

Especialização in Administração Rural

Universidade Federal de Lavras

1995-1996

Graduação in Medicina Veterinária

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

1990-1994

Languages


(in portuguese)

Português

Compreende bem, fala bem, lê bem e escreve bem.

Italiano

Compreende razoavelmente, fala pouco, lê bem e escreve pouco.

Inglês

Compreende bem, fala bem, lê bem e escreve bem.

Francês

Compreende bem, fala razoavelmente, lê bem e escreve pouco.

Espanhol

Compreende bem, fala bem, lê bem e escreve bem.

Alemão

Compreende bem, fala bem, lê bem e escreve bem.

Last update in 11/14/2013 01:40:03 AM.

Powered by Pandora from PLEASE Lab.