Embrapa Gado de Corte
Fabiane Siqueira

Fabiane Siqueira

Chefia Adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento

Enviar e-Mail de Contato

(67) 3368-2067

Cartão de Visita

http://lattes.cnpq.br/5251120101953610

Embrapa Gado de Corte

Área de Conhecimento

Ciências Biologicas » Biologia Geral

Palavras-chave

Animal improvement, Beef, Biologia molecular, Bovinos, CAST, Calpaína e Calpastatina, Caprinos, Características qualitativas, Características quantitativas, Coeficiente, Cromossomos, Cruzamentos, Câncer de mama, Cães, DDEF1, DEPs, DNA sequencing, Deposição de gordura, Double muscling, Eficiência alimentar, Eletroforese, Endogamia, Ensino de Evolução, Espectrofotometria, Expressão gênica, Extração de RNA total, Folículo dominante, Ganho de peso, Gene candidato, Genotipagem, Genética quantitativa, Hemoglobinas anormais, Imprinting, Macroarray, Marcadores Moleculares, Meat production, Medicina Veterinária, Melhoramento animal, Melhoramento genético, Nelore, Ovinos, PCR-RFLP, Polimorfismos, Psitacídeos, Puberdade, Qualidade de carne, RAPD, RT PCR, Raças taurinas adaptadas, Resistência a endoparasitas, SNP, Scrapie, Seleção, Seleção Assistida por Marcadores, Testes de DNA, Variabilidade Genética, gene do hormônio do crescimento, maciez de carne e Área de olho de lombo

Projetos

MAXGEN

Integração de genética molecular e quantitativa na geração de tecnologias para o melhoramento genético de gado de corte

2016-2019

Com Andrea Alves do Egito, Luiz Otavio Campos da Silva e Marcos Vinicius Gualberto Barbosa da Silva.

MAXITT

Transferência de tecnologia e prospecção de demandas em programas de melhoramento genético para a produção sustentável de carne bovina

2015-2019

Com Andrea Alves do Egito, Andrea Gondo, Antonio do Nascimento Ferreira Rosa, Camilo Carromeu, Dalizia Montenario de Aguiar, Edson Espindola Cardoso, Erno Suhre, Filipe Toscano de Brito Simoes Correa, Gilberto Romeiro de Oliveira Menezes, Luiz Antonio Dias Leal, Luiz Otavio Campos da Silva, Mariana de Aragao Pereira, Paulo Roberto Duarte Paes, Roberto Augusto de Almeida Torres Junior, Rodrigo Carvalho Alva, Rodrigo da Costa Gomes e Thais Basso Amaral.

A pecuária de corte brasileira experimentou uma verdadeira revolução em pouco mais de 40 anos. De uma condição de insegurança alimentar e dependência externa, o país passou a ocupar a posição de maior exportador mundial de carne bovina, mesmo depois de usar para abastecimento do mercado interno cerca de 80% da produção total. Esse progresso foi alcançado pelo trabalho dos produtores, no campo, em interação com os demais segmentos da cadeia produtiva, a partir da utilização das tecnologias geradas pela pesquisa, com significativa participação da Embrapa. Essa realidade histórica é uma demonstração inequívoca do sucesso da filosofia de trabalho adotada pela empresa, desde a sua fundação, pela qual a pesquisa é concebida e realizada num contexto de sistema de produção de forma que só se completa ao ter os resultados aplicados pelo produtor. Este, por sua vez, e outros segmentos relacionados (associações de criadores, rede de assistência técnica oficial e privada, indústria frigorífica, centrais de inseminação artificial e de biotécnicas reprodutivas, dentre outros), constituem fontes de novas demandas de pesquisa, reiniciando-se o ciclo. Assim sendo, embora num cenário atual bastante favorável, em função da crescente demanda mundial e do mercado interno pelo produto, outros desafios vão surgindo, especialmente, aqueles relacionados à qualidade da carne e eficiência alimentar dos animais, em sistemas de produção mais equilibrados do ponto de vista energético e ambiental. Nesse contexto, o objetivo central desse projeto é desenvolver e aprimorar ações de transferência de tecnologia e de comunicação empresarial na área de melhoramento genético. Para seu alcance, o projeto foi delineado de forma a atender, o mais amplamente possível, diferentes atores e segmentos da cadeia produtiva. 

SANIGENE

Ferramentas genéticas para aumentar a resistência a carrapatos, aos agentes da tristeza parasitária, a ceratoconjuntive e ao carcinoma ocular em bovinos de corte

2014-2018

Com Marcos Vinicius Gualberto Barbosa da Silva, Newton Valerio Verbisck e Renato Andreotti e Silva.

Problemas sanitários são frequentemente limitantes da produtividade da pecuária de corte brasileira e demandam intenso uso de insumos químicos em tratamentos nem sempre muito eficazes, especialmente na criação de bovinos com alto percentual taurino. Entre as principais causas sanitárias de perdas produtivas em bovinos está o carrapato, ectoparasita distribuído em todo território brasileiro e que provoca diminuição de desempenho pelo hematofagismo, desvalorização do couro, altos gastos com insumos e a transmissão dos agentes etiológicos da tristeza parasitária bovina (TPB). A ferramenta principalmente utilizada para o combate do carrapato são os produtos químicos carrapaticidas, mas seu uso intenso e inadequado tem levado as populações de carrapatos a tornarem-se resistentes e os tratamentos ineficazes. Neste sentido, o direcionamento genético da sanidade de bovinos de corte pode ser amplamente impactado pelo desenvolvimento de testes genômicos capazes de identificar animais resistentes às principais enfermidades de bovinos. Outras duas enfermidades que também causam grande prejuízo na criação de raças taurinas são a Ceratoconjutivite Bovina Infecciosa e o Carcinoma de Células Escamosas Ocular. A presente proposta busca o avanço do conhecimento sobre os mecanismos de resistência e o desenvolvimento de estratégias e de testes genômicos para selecionar bovinos de raças taurinas puras e cruzadas com zebuínos mais resistentes a carrapatos, agentes da tristeza parasitária, ceratoconjuntivite e ao carcinoma ocular. Para atingir esse objetivo serão integradas as competências e estruturas de Associações de raças conveniadas a Embrapa Pecuária Sul (Associações Brasileira de Hereford e Braford e de Angus e Conexão Delta G) por meio de seus criadores, técnicos e rebanhos, e da Embrapa, através de seus pesquisadores, conhecimentos, infraestrutura instalada e parcerias, especialmente as iniciativas envolvendo sanidade, imunologia e genética das Embrapas Pecuária Sul, Gado de Corte, Gado de Leite, Informática Agropecuária, Pecuária Sudeste e Recursos Genéticos e Biotecnologia. O projeto conta também com a participação das seguintes instituições: Deoxi Biotecnologia LTDA, Universidade Federal de Uberlândia, Universidade Federal de Pelotas, Universidade de Brasília, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade da Região da Campanha, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho e USDA-ARS.

ADAPT+

Critérios de seleção não convencionais aplicados em raças compostas de gado de corte adaptadas aos trópicos

2013-2018

Com Roberto Augusto de Almeida Torres Junior.

As raças bovinas compostas Brangus-Ibagé e Canchim são importantes opções em sistemas de cruzamento e há demandas do setor produtivo por melhorias em algumas de suas características. A pesquisa pretende ampliar a base de fenótipos, de genótipos e os estudos de características não convencionais para a aplicação futura no desenvolvimento de linhagens dessas raças. Características não convencionais são aquelas relacionadas à resistência aos parasitas, temperamento, qualidade de carne e carcaça, eficiência reprodutiva, emissão de metano e eficiência alimentar residual. No futuro,pretende-se disponibilizar o acesso ao material genético de qualidade superior. O projeto conta com a parceria de universidades, instituições de ensino privadas, empresa privada, outras unidades da Embrapa e associações de raça.

RGA-II

Rede nacional para o desenvolvimento e adaptação de estratégias genômicas inovadoras aplicadas ao melhoramento, conservação e produção animal

2013-2017

Com Anna Beatriz Robottom Ferreira, Antonio do Nascimento Ferreira Rosa, Jacqueline Cavalcante de Barros, Marcos Vinicius Gualberto Barbosa da Silva e Renato Andreotti e Silva.

MUSCDUPLA

Identificação da síndrome da musculatura dupla em bovinos da raça Senepol.

2014-2016

GENSEQ

Rede de Seqüenciamento de Genomas para Desenvolvimento de Tecnologias Inovadoras para a Pecuária Brasileira

2011-2015

Com Luiz Otavio Campos da Silva, Marcos Vinicius Gualberto Barbosa da Silva e Roberto Augusto de Almeida Torres Junior.

PARCERGEN

Estratégias e ferramentas para a identificação e uso de genótipos melhoradores na produtividade sustentável da carne bovina

2012-2014

Com Andrea Gondo, Antonio do Nascimento Ferreira Rosa, Luiz Otavio Campos da Silva, Marilene Veiga Miranda Fonseca, Paulo Roberto Duarte Paes e Roberto Augusto de Almeida Torres Junior.

RNDIIF

Rede Nacional para Desenvolvimento e Incorporação de Informações e Ferramentas de Genômica Animal para Avanço dos Processos de Melhoramento Genético e Produção Pecuária

2008-2011

Com Flabio Ribeiro de Araujo, Marcos Vinicius Gualberto Barbosa da Silva e Roberto Augusto de Almeida Torres Junior.

LDCARNEDEZEBU

Desenvolvimento de marcadores moleculares em desequilíbrio de ligação para qualidade da carne bovina

2009-2011

Com Gelson Luis Dias Feijo e Marcos Vinicius Gualberto Barbosa da Silva.

RTPCRBRU

Diferenciação de bovinos vacinados e infectados por Brucella spp. utilizando PCR em tempo real

2008-2011

Com Cleber Oliveira Soares, Flabio Ribeiro de Araujo, Gracia Maria Soares Rosinha e Vanessa Felipe de Souza.

COLAGENO-MP3

Desenvolvimento de marcadores moleculares associados à dureza da carne bovina devida à deposição de colágeno termo-estável

2008-2011

Com Carlo Cesar Simioli Garcia, Fernando Paim Costa, Gelson Luis Dias Feijo, Roberto Augusto de Almeida Torres Junior, Roberto Giolo de Almeida e Sergio Raposo de Medeiros.

BOVCRUZADOS

Avaliação de polimorfismos de genes candidatos como indicadores da qualidade da carne em bovinos abatidos em idade jovem.

2008-2010

Com Gelson Luis Dias Feijo e Roberto Augusto de Almeida Torres Junior.

MARCQUALICARNE

Marcadores moleculares para qualidade da carne bovina: estudos de validação e aplicação na escolha de cruzamentos.

2007-2009

Com Gelson Luis Dias Feijo, Roberto Augusto de Almeida Torres Junior, Sergio Raposo de Medeiros e Valeria Pacheco Batista Euclides.

Formação Acadêmica

Doutorado em Ciencias Biologicas (Genetica)

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

1999-2004

Mestrado em Ciencias Biologicas (Genetica)

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

1997-1999

Graduação em Ciências Biológicas

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

1993-1996

Idiomas

Italiano

Compreende pouco, fala pouco, lê pouco e escreve pouco.

Inglês

Compreende razoavelmente, fala pouco, lê bem e escreve razoavelmente.

Espanhol

Compreende razoavelmente, fala pouco, lê razoavelmente e escreve pouco.

Última atualização em 27-02-2014 15:29:25.

Powered by Pandora from PLEASE Lab.